Confeccionistas visitam Senai Cetiqt no Rio de Janeiro

postado em 28 de jun de 2011 09:51 por SINVESD INTERNET
Serão dois dias para conhecer o principal centro tecnológico em moda do Brasil: o Senai Cetiqt. Localizado na “Cidade Maravilhosa”, o complexo Cetiqt é um dos mais importantes centros de formação profissional, prestação de serviços e consultorias para a cadeia produtiva têxtil no Brasil e no mundo. Com o apoio do Sebrae-MG, o Sindicato das Indústrias do Vestuário de Divinópolis (Sinvesd), vem intermediar o pólo mineiro de moda, ao local que é referencial nacional no setor da confecção. A turma de 56 pessoas sairá no dia 11 de novembro com retorno dia 13 em busca de conhecimento, informação e diversão em dois dias.

O Senai Cetiqt é a única escola têxtil do país a possuir uma fábrica têxtil completa, além de planta-piloto de confecção, rede integrada de laboratórios, institutos especializados em cor, design e prospecção tecnológica e mercadológica, e o mais completo acervo bibliográfico têxtil, de confecção, moda e mercado. É a primeira unidade do Senai a oferecer cursos de nível superior. O Cetiqt é referência para todos os temas dos setores têxteis e de confecção: educação, moda e design, cor, consultorias, serviços e informações. Navegue por eles e conheça o que há de melhor para a cadeia têxtil e para você.

Segundo o presidente do Sinvesd, Antônio Rodrigues Filho, é a primeira vez que o setor confeccionista de Divinópolis conhecerá as estruturas do Cetiqt no Rio de Janeiro. “Conheceremos novas metodologias têxteis, laboratórios de análises e cursos de capacitação voltados exclusivamente para o setor. O Cetiqt é referência na América Latina em qualidade têxtil, aplicável ao vestuário. Firmaremos um termo de compromisso entre os dois Senai’s para a transferência de conhecimento”, declarou o presidente.

Para o empresário Cassius Marcelo Ribeiro, a visita ao complexo será uma oportunidade de conhecer os cursos, a estrutura e novidades em termos de produção e desenvolvimento. “Cintia Santos é estilista da Dyfteria e está indo porque quer além de conhecer a estrutura de funcionamento, também tem interesse em fazer uma pós graduação através do Senai”, conta Cassius. A expectativa de acordo com o empresário é de que encontrem novidades, as quais possam ser implantadas dentro das empresas.

Postado em 29/10/2010 às 08:23:20

Comments